Um equívoco comum para a maioria das pessoas que pensam em começar uma dieta tem a ver com o próprio bolso. ouvi várias vezes: “Ah, eu não tenho dinheiro para comprar esses ingredientes da moda”, ou ainda “esses suplementos são muito caros, e eu preciso economizar”.

 

O custo benefício da dieta

A verdade é que começar uma reeducação alimentar pode ser até bem mais barato do que a alimentação calórica e e pouco organizada que você pode estar seguindo. Isso porque quando começamos a planejar as nossas refeições, pensamos primeiro nos ingredientes realmente necessários e riscamos da lista os supérfluos (leia-se chocolates, bolachas, salgadinhos e tantas guloseimas que insistimos em jogar no carrinho).

A matéria nova do Viver Mais Tempo fala justamente sobre isso. Se até agora as cascas do abacaxi iam direto para o lixo, vale repensar a ação. Elas preservam uma série de benefícios que atuam diretamente no seu metabolismo. Seja no suco refrescante, seja como um chá quentinho (eu adoro assim!), esse ingrediente ajuda a queimar uma boa dose de calorias. Não é demais?

De quebra, ainda vamos ensinar como incorporar a fruta em pratos saborosos que incrementam a refeição do dia a dia. Basta uma dose de criatividade e em pouco tempo você tem um almoço supersaboroso.

BÔNUS!!!

Para quem já está se preparando para os dias de calor e pernas de fora, neste artigo vamos ensinar como fazer drenagem linfática em casa. Além de economizar na esteticista, também ensinamos a fazer um gel para potencializar os efeitos. O resultado são pernas (além de culote, barriga…) livres da indesejável gordura localizada.

Gostou das nossas dicas econômicas? Agora você não tem mais desculpas para entrar em forma!